Prática de Ensino

Apresentação:
O Laboratório de Prática de Ensino (LAPE) constitui-se em um espaço interdisciplinar voltado à produção de conhecimento pautado nos postulados da especificidade epistemológica do saber escolar e da importância da mediação didática no processo de ensino-aprendizagem. Em sua operacionalidade, ele articula as reflexões acadêmicas e práticas pedagógicas promovidas pelos Coordenações de Filosofia, Letras  e Pedagogia.


Justificativa:
A criação do Laboratório de Prática de Ensino da FPA, promovida em 2009, mostrou-se de grande relevância para qualificação da formação do licenciando nos Cursos de Filosofia, Letras e Pedagogia da FPA. Seu surgimento insere-se na dinâmica de reelaboração dos cursos de licenciatura. Incluiu-se, na gama das alterações promovidas, a exigência da constituição de um ambiente laboratorial próprio, voltado para a pesquisa e formação acerca da prática de ensino.


De forma concomitante, a FPA, que congrega três Coordenações (Filosofia, Letras e Pedagogia), incentiva a qualificação de um licenciando que saiba transitar, crítica e criativamente, por sua área de conhecimento específico e, ao mesmo tempo, que seja capaz de dialogar com os profissionais de ensino das demais disciplinas, num exercício de inter e transdisciplinaridade.


Objetivos:
1- Contribuir para a formação acadêmica dos licenciandos dos Cursos de Filosofia, Letras e Pedagogia da FPA.


2- Viabilizar projetos que envolvam a área de Prática de Ensino das diferentes Coordenações da FPA, preferencialmente de forma integrada.


3- Propiciar uma atuação conjunta, de forma sistemática, entre docentes e discentes integrantes do ensino superior e básico.


4- Promover ou participar da formação continuada dos profissionais que atuam no âmbito dos Cursos de Filosofia, Letras e Pedagogia, no ensino regular e na educação de jovens e adultos, nos níveis fundamental e médio.


5- Elaborar e avaliar recursos didático-pedagógicos para emprego dos professores da educação básica.


6- Organizar bancos de dados sobre o processo de ensino-aprendizagem de cunho disciplinar e transdisciplinar, possibilitando o acesso a informações bibliográficas, relatos de experiências e outros acertos ou índices temáticos considerados relevantes.